Um vídeo que fiz pra Nação Tumblr, lá no início de tudo.
que… rsrsrs assistindo novamente aqui hj, achei tão lindo rsrs, que resolvi deixar postado no meu Tumblr aqui.

Fica aew, como forma de incentivo e inspiração talvez, à vida de todos de fora.
E porque não, aproveitado tb como uma forma de divulgar um pedacinho do que é a Nação pra vcs.

Bjks.

https://www.facebook.com/groups/nacaotumblr/
(secretgroup, favor mandar pedido inbox pra mim :] ) #AdmLuz

"Eu sonhei um sonho em um tempo passado

Quando as esperanças eram grandes e a vida valia ser vivida

Eu sonhei que o amor nunca acabaria

Eu sonhei que Deus seria misericordioso.

_

Eu era jovem e não tinha medo

Quando os sonhos eram realizados e usados e jogados fora

Não havia resgate a ser pago

Nenhuma música sem ser cantada, nem vinho não degustado.

_

Mas os tigres vêm a noite,

Com suas vozes suaves como trovão,

Enquanto eles despedaçam sua esperança

Enquanto eles tornam seus sonhos em vergonha

_

Ele dormiu um verão ao meu lado.

Ele preencheu meus dias com maravilhas sem fim,

Ele levou minha infância em seu passo

Mas ele se foi quando o outono veio.

_

E ainda assim eu sonhei que ele voltaria para mim

E que viveríamos os anos juntos,

Mas existem sonhos que não podem ser sonhados

E existem tempestades que não podem passar.

_

Eu tive um sonho que minha vida seria

Tão diferente deste inferno que eu vivo

Tão diferente agora do que parecia ser

Agora a vida matou o sonho

Que eu sonhei.”

…a única resposta de “para sempre” que restou em minha vida: esta entre eu e meu tumblr. ‘-’ …único lugar onde ainda habita sentimentos para esta criatura.
decepcionado pelo mundo, e pelo próprio coração. este sujeito que não tem alguém que fosse capaz de honrar um, “Okay”…

…a única resposta de “para sempre” que restou em minha vida: esta entre eu e meu tumblr. ‘-’ …único lugar onde ainda habita sentimentos para esta criatura.

decepcionado pelo mundo, e pelo próprio coração. este sujeito que não tem alguém que fosse capaz de honrar um, “Okay”…

"Você é o buraco na minha cabeça

Você é o espaço na minha cama

Você é o silêncio entre

O que eu pensava e o que eu disse

Você é o medo noturno

Você é a manhã, quando está claro

Quando tudo acaba,

Você pode escolher o que fica e o que desaparece

Sem luz, sem luz

No meio da multidão eu estava gritando

E no seu lugar havia milhares de outros rostos

Eu estava desaparecendo a olhos vistos

Senhor, ajude-me, eu preciso fazer isso direito”

Traces of a Wrong Existence completou 2 anos hoje!

romance em doze linhas

não adianta olhar pra cima e clamar por nada. somos apenas mais um inseto. correndo pra lá e pra cá, desesperado com o q está desabando sobre a cabeça, mas para ele é só uma gota d’água caindo.